Folha Salário

Salário bruto e salário líquido.

Quando um profissional entra em uma empresa, é informado a ele qual será seu salário mensal.  Com base nesta informação, ele começa a assumir responsabilidades tendo como base o que lhe foi dito que seria seu pagamento. Porém, o que alguns esquecem é que o valor passado é o bruto, isto é, sem os devidos descontos que serão retidos mensalmente. E pensando sobre isso é que desenvolvemos este post que irá mostrar a você como é feito o cálculo do salário líquido, que é aquele que você realmente recebe no começo do mês. Portanto, fique atento e entenda.

O que é descontado do meu salário?

Para quem atua com a carteira de trabalho assinada, sob o regime da CLT, são descontados valores mensais de seu salário bruto para que assim seja destinado ao funcionário o salário líquido. A princípio, são retidos os valores referentes apenas ao Imposto de Renda e ao INSS. Mas em empresas que oferecem benefícios como transporte, alimentação, previdência privada, plano de saúde, dentre outros, poderão ainda ser deduzidos outros valores.

Cada um destes descontos deve vir especificado na folha de pagamento. É preciso lembrar que, quando há algum aumento salarial, você pode mudar de faixa percentual, o que irá aumentar também os valores pagos referentes a estes descontos.

Contribuição Previdenciária

O desconto do INSS pode variar entre 8% a 11% do salário bruto, de acordo com os rendimentos do trabalhador. O teto máximo descontado no ano de 2015 é de R$513,02. Quem ganha mais de R$ 4.663,75 por mês, não poderá ter desconto superior a este valor.

Para que você entenda melhor, pense em um trabalhador que ganha R$ 2000,00 mensais. De acordo com sua faixa salarial, ele terá um desconto de 9%, sendo deduzidos R$ 180,00 de INSS em sua folha de pagamento mensal.

Imposto de Renda

O cálculo do Imposto de Renda é feito sob o montante do salário bruto menos o desconto do INSS.  Para encontrar o percentual que será descontado, é preciso verificar a faixa salarial na qual o trabalhar está enquadrado. E se o profissional tiver dependentes como cônjuges e filhos, haverá também o abatimento de R$ 189,59 por cada um deles.

O cálculo do desconto do imposto de renda deve ser feito com base em uma parcela do salário que pode variar entre 7% a 27,5%, menos uma parcela fixa que também será definida de acordo com o que ele recebe mensalmente.

 Vale transporte

Quando um funcionário inicia suas atividades na empresa, ele comprova o local de sua residência e informa quais os meios de transporte público ele utiliza para chegar até o seu trabalho. A partir disso, a empresa deve fornecer o valor do transporte coletivo, mas poderá deduzir, por lei, até 6% do salário base do empregado.

Citamos acima os principais descontos que acontecem na folha de pagamento de um trabalhador. Mas como dito anteriormente, outros poderão ser feitos de acordo com os benefícios oferecidos pela empresa.